RSS

Arquivo mensal: agosto 2010

PELOMUNDO CULTURAL

“Tudo bem quando termina bem”.

28 – 08 – 2010 – Fátima Carvalho

Prefeitura do Rio – Companhia Umbigo de Édipo – Pequena Central e GRC Galpão da Gamboa

apresentam

TUDO BEM QUANDO TERMINA BEM
William Shakespeare

” A arte é o espelho e a crônica da sua época”
W. Shakespeare

Realizada pela Companhia Umbigo de Édipo, dirigida por Marcela Coelho, Tudo Bem Quando Termina Bem de W. Shakespeare é o resultado de uma pesquisa junto à comunidade da Gamboa (RJ). Depois de 5 meses de experimentações e estudos com jovens e adultos da comunidade e cercanias sobre o universo de Shakespeare, foram selecionados alunos/atores, que montaram o espetáculo e realizaram ensaios abertos tanto no Galpão quanto no Parque das Ruínas, em Santa Teresa.

O espetáculo chega agora ao grande público com estreia dia 21 de agosto, sábado. A temporada será de 21 de agosto a 26 de setembro, sábados e domingos, às 18h, com entrada franca mediante senha que poderá ser retirada a partir das 17h. Serão distribuidas 100 senhas por sessão.

Em parceria da Pequena Central e Grêmio Recreativo e Cultural Galpão da Gamboa, ambos dirigidos por Marcos Nanini e Fernando Libonati, essa pesquisa pretende apresentar Shakespere em sua faceta mais popular, procurando trazer o mesmo espírito pretendido pelo dramaturgo em sua época, ainda que em contexto histórico e social tão distintos.
O texto pouco encenado no Brasil mescla elementos de contos de fadas com realismo e humor negro, sendo uma comédia que tangencia questões éticas atemporais e, por isso mesmo, tão contemporâneas.

Sinopse
Inspirada na história de Decamerão de Giovanni Boccaccio, a peça tem como figura central uma beldade plebéia, Helena, que está apaixonada por Bertram, um nobre. Ao salvar a vida do rei (nesta montagem adaptada para rainha), graças a uma poção que lhe fora deixada pelo falecido pai, Helena conquista o direito – então inédito – de escolher um marido. Bertram, o escolhido, rejeita a ideia mas, por se tratar de uma ordem real, casa, e no mesmo instante foge para a guerra. Com isso, a desdenhada noiva lança mão de toda a sua perspicácia para conquistá-lo.
Tudo Bem Quando Termina Bem foi escrita entre 1601 e 1608, e é geralmente classificada como comédia. Entretanto, trata-se de uma peca ambígua, cuja trama não se resolve à maneira tradicional das comédias. Dotada de ritmo acelerado, próprio de textos cômicos, mostra toda a versatilidade de Shakespeare que, sempre à frente de seu tempo, teve a ousadia de escrever uma história que gira em torno de uma mulher com poder de escolher o próprio marido e decidir o destino de seu amado.

Sobre a montagem
Dirigida por Marcela Coelho o espetáculo faz um cross-over misturando elementos clássicos e moderno nos diversos elementos cênicos mas principalmente música que vai da Renascença ao Funk e é bastante presente durante todo o espetáculo.
Através da metalinguagem, quase que como um eco da própria cena, são tratados os principais tabus: uma mulher como eixo principal da trama; o rei como dono do mundo; a mentira em paralelo à ambição…tudo numa espécie de reverberação coletiva. A controvérsia e a ambiguidade dão espaço para que esse eco se realize.
As apresentações acontecerão na parte externa do Parque das Ruínas, como fazia Shakespeare : em praças públicas e acessível a todos.

Ficha Técnica
Direção: Marcela Coelho
Direção Musical : Julio Paredes
Figurino : Daniel Leuback
Iluminação : Anderson Ratto
Elenco : Companhia Umbigo de Édipo e atores da comunidade da Gamboa
Produção : Luciana Fontenelle e Céli Palácios

Serviço
Tudo Bem Quando Termina Bem – William Shakespeare
Tradução e adaptação: Cia Umbigo de Édipo e Oficina Shakespeareana na Gamboa
Direção : Marcela Coelho
Estréia : Dia 21 de agosto, sábado
Temporada : De 21 de agosto a 26 de setembro, sábados e domingos.

Local : Parque da Ruínas – Rua Murtinho Nobre, 169. Santa Teresa. Telefone: 22521030

21/8/2010 a 26/9/2010, às 18:00hs.

Entrada Franca ( serão distribuidas 100 senhas por sessão)

www.hospedariacultural.com.br

Nanda Dias 21. 24905354 e 97640655

nandadias15@uol.com.br;

Anita Malfatti – 120 Anos de

Nascimento

A exposição conta com 120 obras entre trabalhos a óleo,desenhos, pastéis e aquarelas,abrangendo todas as técnicas utilizadas pela artista,ao longo de sua vida. As várias fases da trajetória de Anita que, de certa forma, relatam e ilustram a historia das artes plásticas no Pais, do final do século 19 até meados do século 20, estão comtempladas na mostra.
Curadoria:Luzia Portinari Greggio.

Centro Cultural do Banco do Brasil
Primeiro de Março,66 – Centro -RJ
Salas A a F

10/8/2010 a 26/9/2010

Entrada Gratuita

bb.com.br/cultura

(21)3808-2020

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28/08/2010 em Uncategorized

 

Tags:

O maior teatro a céu aberto do mundo é no Brasil

26 – 08 – 2010 Fátima Carvalho

Pernambuco abriga o maior teatro a céu aberto do mundo. Nova Jerusalém,  é uma megaconstrução constituída por nove palcos, em uma área de 100 mil m², cercada por uma muralha de 3.500 m e 70 torres.      Esse teatro ao ar livre encanta turistas nacionais e internacionais pela estrutura e semelhança com a Judéia dos tempos da dominação romana.

Idealizada e construída pelo produtor cultural gaúcho Plínio Pacheco, a Nova Jerusalém reproduz os cenários naturais, os arruados, o Palácio de Herodes, o Fórum de Pilatos, o Templo de Jerusalém e o Cenáculo.    Localizada no distrito de Fazenda Nova, no município de Brejo da Madre de Deus, a 180 km do Recife, ficou pronta em 1968.

O requinte dos detalhes e a beleza plástica do teatro-cidade impressionam o público. A cada ano, os espetáculos são assistidos por mais de dois milhões e meio de pessoas, que ficam encantados com o requinte dos detalhes e a beleza plástica do teatro-cidade. O espetáculo atrai um  público médio diário de 8.000 espectadores.

“Paixão de Cristo”, é um espetáculo que entra em ação uma equipe técnica de 400 pessoas, além de cerca de 500 atores e figurantes. Os custos da montagem são de aproximadamente 2 milhões de reais, divididos igualmente entre produção e publicidade.  A cidade-teatro sedia “Noite Feliz” – Nascimento de Jesus que é encenado em dezembro.

No resto do ano, o lugar continua aberto e serve de cenário à Pousada da Paixão, uma hospedaria temática ambientada na Antiguidade.   As “Termas de Herodes” se transformam na sauna, a “Arena dos Centuriões” no salão de jogos e o “Recanto da Ceia” em restaurante.

 
 

Tags: , , , , ,

PELOMUNDO CULTURAL

4º CONTATO – Festival Multimídia do interior de SP

Terceira edição do CONTATO realizada em 2009

A Universidade Federal de São Carlos apresenta o 4° CONTATO – Festival Multimídia de Rádio, TV, Cinema e Arte Eletrônica, que acontece de 7 a 12 de outubro de 2010. O evento traz para São Carlos atividades construídas a partir de ações colaborativas fundamentadas nos princípios da economia solidária, da cultura livre e independente, e do potencial de criação a partir das áreas de tensão entre as diferentes mídias. Com cerca de 15 mil participantes a cada edição, o CONTATO é hoje o maior festival multimídia da região.
Durante todas as edições do Festival acontecem trocas entre artistas, produtores, entidades sociais, empreendimentos solidários, dirigentes, poder público, coletivos, pesquisadores e público. As atividades do CONTATO agrupam–se em quatro eixos: fruição, formação, articulação e negócios. Todas as atrações são gratuitas.
Na programação deste ano, estão previstos shows musicais; oficinas; debates; sessões de audiovisual com filmes de difícil acesso ou inéditos; exposições de Arte Eletrônica; projeto Saia para Jantar – restaurantes e bares com o prato CONTATO oferecido a preços promocionais; projeto Saia para Dançar – festa integrada na qual as pessoas compram passe–livre para todas as casas noturnas participantes; e pacotes de Turismo para conhecer a região durante o Festival.

Além disso, o 4º CONTATO terá uma programação integrada com encontros de fóruns específicos, como o 2º Fórum Paulista de Cultura Digital e a 2ª Feira Microrregional de Economia Solidária. Durante a execução do 4º CONTATO estima–se reunir cerca de 20.000 pessoas em São Carlos ao longo de 6 dias de evento.

Calendário Oficial de Eventos de São Carlos

Desde o dia 1º de junho de 2010, o Festival CONTATO já faz parte do calendário de eventos da cidade de São Carlos, contando com o apoio da UFSCar e da Prefeitura Municipal, articulado com a Coordenadoria de Cultura, Departamento de Apoio a Economia Solidária e do Meio Ambiente, Centro Integrado de Turismo, além do envolvimento com a rede de Pontos de Cultura local.

ABRAFIN

A partir de 2010, o CONTATO está associado à ABRAFIN – Associação Brasileira de Festivais Independentes, que promove a reunião, organização e potencialização do circuito de festivais de música independente. O que significa uma divulgação integrada, suporte jurídico e oportunidades únicas de realização de atividades, ampliando a possibilidade de intercâmbio de conhecimento e tecnologia entre essa rede de festivais, com representatividade em todas as regiões do País.
Novo modelo de Gestão

Ao final da edição de 2009, a avaliação positiva entre todas as parcerias construídas resultou na reformulação do modelo de gestão vigente nas últimas edições. Neste ano, o Festival tem o objetivo de abrir espaço para uma gestão mais participativa e horizontal, agregando pessoas e organizações de toda a região de São Carlos que possam contribuir para a realização do 4º CONTATO, a partir do modelo de Gestão 2.0 – sistema organizacional colaborativo de gestão cultural para eventos e projetos cooperativos de gestão compartilhada, horizontal e solidária. O modelo de Gestão 2.0 está baseado na realização sustentável de eventos fundamentados em trocas solidárias, estimulando o câmbio de valor sem capital.
Gestão 2.0
A gestão compartilhada proposta pelo Festival tem como meta que o CONTATO seja realizado anualmente a partir de iniciativa civil com fomento da UFSCar. O evento deverá deixar de ser proponente de atividades e tornar–se catalisador, promovendo intercâmbio de conhecimento em ações que resultem no Festival. A produção do Festival pode ser acompanhada pelo blog

www.festivalcontato.wordpress.com.

Localizada no centro geográfico do Estado de São Paulo, a cidade de São Carlos possui características especiais que a tornam um local de destaque sob vários aspectos.
A cidade de cena cultural efervescente tem um grande número de estudantes universitários, alunos de duas das principais universidades do Brasil, a UFSCar e a USP, que possui dois campi na cidade. Essas universidades oferecem ensino gratuito e de qualidade e já incorporaram à história de São Carlos suas contribuições à Ciência e à capacitação profissional de milhares de alunos.
Conhecida também como a Capital da Tecnologia, a cidade tem um grande número de empresas que trabalham com pesquisa, desenvolvimento e implantação de inovações científicas e tecnológicas, com grande apoio das universidades.

07/10/2010 a 12/10/2010

Atividades gratuitas

www.contato.ufscar.br

festivalcontato@ufscar.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24/08/2010 em Uncategorized

 

Tags: , , ,

Antonio Lucio Vivaldi

20-08-2010 – Fátima Carvalho

Antonio Lucio Vivaldi, nasceu em 04 de março de 1678 em Veneza, e em 28 de julho de 1741, morreu em Viena, foi um composoitor e músico italiano do estilo barroco tardio. Por ser um sacerdote de cabelos ruivos, tinha a alcunha de il prete rosso “o padre vermelho”. Compôs 770 obras, entre as quais 477 concertos e 46 óperas. É sobretudo conhecido popularmente como autor da série de concertos para violino e orquestra Le quattro sagioni  “As Quatro Estações”.

Filho de Giovanni Battista Vivaldi e Camila Calicchio, era o mais velho de sete irmãos. Seu pai, um barbeiro, mas também um talentoso violinista (alguns chegam a considerá-lo como um virtuoso).  Matriculou-o ainda pequeno, na Capela Ducal de São Marcos para aperfeiçoar seus conhecimentos musicais  e foi responsável pela sua admissão na orquestra da Basílica de São Marcos, onde se tornou o maior violinista do seu tempo. Deu-se o  início de uma carreira no mundo da música. Vivaldi tornou-se padre em 1703. Porém, foi-lhe dada dispensa da celebração da Santa Eucaristia devido à sua saúde fragilizada (aparentemente sofreria de asma) em 1704, tendo-se voltado para o ensino de violino num orfanato de moças chamado Ospedale della Pietà em Veneza. Pouco tempo após a sua iniciação nestas novas funções, as crianças ganharam-lhe apreço e estima;  Vivaldi compôs para elas a maioria dos seus concertos, cantatas e músicas sagradas. A primeira colecção (raccolta) dos seus trabalhos foi publicada em 1705.  Muitos outros se lhe seguiram. No orfanato, desempenhou diversos cargos interrompidos apenas pelas suas muitas viagens. Em 1712 compôs o “Estro armonico”, uma coleção de 12 concertos que repercutiu em toda a Europa e mais tarde teve seis obras transcritas por Bach, em 1713, tornou-se responsável pelas actividades musicais da instituição. Em paralelo com suas atividades sacras, Vivaldi obteve permissão para apresentar no teatro de Santo Ângelo suas primeiras óperas e alguns concertos: “Outtone in villa” e “Orlando Furioso” e entre outros concertos, “La Stravaganza”.  “As Quatro Estações”, sua obra mais conhecida, publicada em 1723, está contida no Opus 8.

Apesar do seu estatuto de sacerdote, é suposto ter tido vários casos amorosos, um dos quais com uma de suas alunas, a cantora Anna Giraud, com quem Vivaldi era suspeito de manter uma menos clara actividade comercial nas velhas óperas venezianas, adaptando-as apenas ligeiramente às capacidades vocais da sua amante. Este negócio causou-lhe alguns dissabores com outros músicos, como Benedetto Marcello, que teria escrito um panfleto contra ele.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20/08/2010 em Uncategorized

 

Tags: , ,

Dramaturgo Willian Shakespeare

20-08-2010 – Fátima Carvalho

Pintura de Willian Shakespeare: um dos maiores nomes do teatro mundial

Nasceu  na pequena cidade inglesa de Stratford-Avon em, 23 de abril de 1564.  Começa seus estudos nessa região e já demonstra grande interesse pela literatura e pela escrita.  Casou-se aos 18 anos com Anne Hathaway e, com ela, teve três filhos.  Foi morar na cidade de Londres, no ano de 1591 em busca de oportunidades na área cultural. Começa escrever sua primeira peça, Comédia dos Erros, no ano de 1590 e termina quatro anos depois. Nesta época escreveu aproximadamente 150 sonetos.

Foi na dramaturgia que ganhou destaque, embora seus sonetos sejam até hoje considerados os mais lindos de todos os tempos.  No ano de 1594, entrou para a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain, que possuía um excelente teatro em Londres. . A Inglaterra vivia os tempos de ouro sob o reinado da rainha Elisabeth I, período em que  o contexto histórico favorecia o desenvolvimento cultural e artístico .

O teatro desta época, conhecido como teatro elisabetano, foi de grande importância. Escreveu dramas históricos, tragédias e comédias que marcam até os dias de hoje o cenário teatral.

Os textos de Shakespeare tratam de temas próprios dos seres humanos, independente do tempo histórico, fizeram e ainda fazem sucesso. Amor, questões sociais, relacionamentos afetivos, temas políticos,  sentimentos e outros assuntos, relacionados a condição humana, são constantes nas obras deste escritor.

Retornou para Stratford, sua cidade natal, no ano de 1610,  local onde escreveu sua última peça, A Tempestade, terminada somente em 1613.  Em 23 de abril de 1616 faleceu o maior dramaturgo de todos os tempos, de causa ainda não identificada  pelos historiadores.

Shakespeare é considerado um dos mais importantes dramaturgos e escritores de todos os tempos. Seus textos literários são verdadeiras obras de arte e permaneceram vivas até os dias de hoje, onde são retratadas freqüentemente pelo teatro, televisão, cinema e literatura.

Principais obras :

Comédias: Cimbelino, O Mercador de Veneza, A Comédia dos Erros, Muito barulho por coisa nenhuma, Os dois fidalgos de Verona, Noite de reis, Medida por medida, Sonho de uma noite de verão, Conto do Inverno, Megera Domada e A Tempestade.

Tragédias: Julio César, Macbeth, Tito Andrônico,  Antônio e Cleópatra, O Rei Lear, Coriolano, Romeu e Julieta,  Timon de Atenas, Otelo e Hamlet.

Dramas Históricos: Ricardo III, Henrique IV, Henrique V, Henrique VIII.

Frases de Shakespeare:

“Pobre é o amor que pode ser contado”.                                                                                                                                                                           “Dê a todos seus ouvidos, mas a poucos a sua voz.”                                                                                                                                                                       – “As mais lindas jóias, sem defeito, com o uso o encanto perdem”.

“Sem ser provada, a paciência dura”.

“Ser, ou não ser, eis a questão.”                                                                                                                                                                                                                   – “Nada me faz tão feliz quanto possuir um coração que não se esquece de seus amigos”.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20/08/2010 em hamlet, Uncategorized

 

Tags: , , ,

PELOMUNDO CULTURAL

Grupo Folias – Medida por Medida de Skalespeare

18-08-20010 – Fátima Carvalho

Na história, o duque de Viena está cansado da corrupção na sua cidade, mas, ao mesmo tempo, tem medo de adotar medidas impopulares para combater o mal. Decide, então, viajar e deixar em seu lugar o nobre Ângelo, que tem fama de ser severo.

Para saber se Ângelo irá cumprir com seu dever, aplicando as leis necessárias, o duque se disfarça e fica por perto observando as ações do nobre. Porém, Ângelo acaba se revelando tão corrupto quanto aqueles a quem deveria punir.

“Estava pensando sobre as leis e a corrupção, em como há regras que nos impedem de pensar, ou que aceitamos por comodismo”, diz Val Pires, em referência à ideia do Folias de refletir sobre o “homem cordial”.

“O visual é como o de um carro alegórico encalhado, temos uma estética semigótica carnavalesca”, brinca o diretor, sobre o cenário de dois andares e os figurinos.

Direção: Val Pires
Com: Adriano Merlini, Lui Seixas, Pedro Schwarcz e outros
Duração: 90 minutos
Classificação: 16 anos
Texto: William Shakespeare
Tradução e adaptação: Fábio Brandi Torres

De 13/8/2010 a 26/9/2010, às 21:00 hs.

Endereço: Rua Ana Cintra, 213 –  Sta. Cecília – SP.

Valor: R$10,00 a R$30,00

Informações: (11) 3361-2223

http://www.youtube.com/watch?v=vp7sMwY2PF8

PERFORMANCE CORPOLHARES – GRUPO HIS

Espetáculo  de 26/08 a 29/08 – Salvador, BA

18-08-2010 – Fátima Carvalho

Grupo His dicute possibilidades e limitações na relação com o corpo.            No Vão Livre do Teatro Castro Alves – Entrada Franca.
O corpo na sociedade contemporânea – sua fragmentação, transformação, mediatização – é o tema da performance Corpolhares, espetáculo vencedor do Prêmio Klaus Viana 2009, concebido e encenado pela His Contemporânea de Dança. A proposta leva para o Vão Livre do Teatro Castro Alves uma reflexão sobre as possibilidades e as limitações enfrentadas na relação com o próprio corpo.

Performance – A performance conta com quatro cenas: em duas delas, os bailarinos-performers Aroldo Fernandes e Iara Cerqueira questionam as determinações de gênero da sociedade. Ele veste-se de mulher e dubla uma música com voz feminina, ela veste-se de homem e igualmente dubla uma música, porém, com voz masculina.

Os outros dois bailarinos-performers, por sua vez, questionam os diferentes investimentos feitos por homens e mulheres na busca por um corpo perfeito. Douglas Gibran permanece correndo em uma esteira de ginástica, ao passo que Sandra Corradini retrata a ansiedade que as mulheres sentem na busca do corpo perfeito. Uma TV retrata pedaços do corpo da mulher, que sofre mutações a depender da moda e das tecnologias disponíveis.

Contrapartida Social – Como contrapartida social, o Grupo His oferece uma Oficina, que visa introduzir os conceitos e elementos utilizados e discutidos no processo de construção de seu espetáculo Corpolhares, através de experimentos práticos de improvisação. Inscrição através do envio de um breve currículo e carta de interesse para his.contemporaneodedanca@gmail.com

Outra ação de contrapartida social é a palestra “Montagem Corpolhares – Ações e Reflexões”, que trata dos temas pertinentes ao processo de composição da obra, com destaque nos relatos testemunhais dos participantes durante o processo e na relação entre pesquisa teórica e pesquisa artística.

Espetáculo Performance Corpolhares
Dia da Apresentação: 26 a 29 de agosto
Horários da Apresentação: dia 26 (quinta), às 18h30; 27 a 29 (sexta a domingo), às 10h, 15h e 18h30

Entrada Franca.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 19/08/2010 em Uncategorized

 

Tags:

CIRCUITO VIAGEM TEATRAL – SESI MOGI DAS CRUZES

Cia. Caixa do Elefante apresentou ‘A Moça Tecelã’

14-08-2010 Fátima Carvalho

A  Cia. do Elefante de Porto Alegre apresentou a peça “A Moça Tecelã”, inspirado em textos de Marina Colassanti. Direção de Paulo Balardin.         Com Carolina Garcia e elenco.  É uma mistura de bonecos, vídeos e ilusionismo. Foi um convite do projeto do SESI – Circuito Viagem Teatral – O Grupo foi recebido por Wilson Caetanno no NAC  Mogi das Cruzes.

Vejam entrevista do grupo: http://www.tvmoginews.com.br/default.aspx?id=7247

 

Tags: , , , , , , , ,