RSS

Arquivo mensal: dezembro 2011

NOTÍCIAS CULTURAIS

Incentivos Fiscais

29-12-2011 – Fátima de Carvalho

MinC publica portaria que aprova o Plano de Trabalho Anual para o exercício de 2012

Foi publicada no DOU dessa quinta-feira, 29/12, a Portaria nº 140/2011/MinC, com a qual a ministra Ana de Hollanda aprova o Plano de Trabalho Anual de Incentivos Fiscais para o exercício de 2012.

O Plano de Trabalho Anual de Incentivos Fiscais está em consonância com o previsto na legislação em vigor e está fundamentado no Plano Plurianual do período 2012-2015, no Plano Nacional de Cultura e nas propostas da II Conferência Nacional de Cultura. Sua elaboração é de competência da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura e da Secretaria do Audiovisual (Sefic) e está prevista no parágrafo único do art. 3° do Decreto n° 5.761, de 27 de abril de 2006, cumulado com o parágrafo único do art. 11 da Instrução Normativa n° 1, de 5 de outubro de 2010.

Leia a íntegra do Plano de Trabalho Anual de Incentivos Fiscais de 2012

Fonte: MinC
Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/12/2011 em Uncategorized

 

Tags:

PELOMUNDO CULTURAL

Contos de Areia – 70 anos de Clara Nunes

29-12-2011 – Fátima de Carvalho

Clara Nunes

O CCBB Brasília abre 2012 com a série
Contos de Areia – 70 anos de Clara Nunes

Entre 12 e 29 de janeiro, 12 sambistas revisitam, em seis shows, a obra de Clara Nunes.
A cantora completaria 70 anos neste 2012.

Com curadoria de Monica Ramalho e Luís Filipe de Lima, também diretor musical e arranjador, a série Contos de Areia – 70 anos de Clara Nunes traz ao palco do CCBB Brasília shows inéditos nas vozes de 12 destacados intérpretes da música brasileira, que se apresentarão em duplas, de 12 a 29 de janeiro, em cada um dos seis espetáculos da série. Mais importante do que as atrações, no entanto, é o repertório de Clara Nunes que o público de Brasília vai ouvir novamente ao vivo. Ao longo de seus seis shows, a série apresenta quase uma centena de canções registradas pela cantora.

Monarco e Verônica Ferriani, Joyce e Teresa Cristina, Delcio Carvalho e Maira, Nei Lopes e Nilze Carvalho, Mariene de Castro e Pedro Miranda, e Elton Medeiros e Fabiana Cozza são as duplas de bambas convidadas a nos presentear com o legado de Clara Nunes, esta notável cantora mineira, que deixou um rastro de luz, encantamento e amor à música e ao próximo. As duplas de intérpretes serão acompanhadas por banda especialmente formada para a série. “Ninguém jamais cantou sambas como Clara Nunes. A ideia é homenagear a cantora e trazê-la para o tempo presente. Clara foi a primeira mulher na história do país a bater o recorde de cem mil cópias vendidas e ainda desmistificou o preconceito com as religiões de origem afro-brasileiras”, explica Monica Ramalho, uma das curadoras.

Para o curador, arranjador e diretor musical Luís Filipe de Lima, “os seis shows oferecem um painel extenso e variado de seu repertório. Entre as mais de 200 músicas gravadas por Clara, o destaque vai para a variedade de compositores (de Nelson Cavaquinho a Chico Buarque, passando por Cartola, Vinicius, Candeia e Sivuca) e também para a variedade de gêneros: Clara, afinal, firmou-se como cantora de samba, mas interpretou com igual carisma o repertório romântico de seu início de carreira e também baiões, cocos, afoxés, valsas. Era uma cantora superlativa”, adianta ele.

VÍDEOS E MESA-REDONDA
Em meio aos shows, serão exibidos pequenos vídeos que revelam um mosaico de histórias e impressões sobre Clara Nunes do ponto de vista de pessoas próximas (entre eles Alcione, Sergio Cabral, Agnaldo Timóteo, Guinga e Adelzon Alves, além de todos os cantores da série) e também através do depoimento de pessoas flagradas na rua. A ideia aqui é mostrar o quanto de sua memória está na boca do povo. E, para quem quiser saber ainda mais sobre a homenageada, haverá uma mesa-redonda na segunda semana de CONTOS DE AREIA – 70 ANOS DE CLARA NUNES. Participarão o produtor e pesquisador Herminio Bello de Carvalho, o cantor e compositor Nei Lopes e o jornalista Vagner Fernandes, biógrafo da cantora.

onde fica: Teatro I do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília (324 lugares)

Dias: de quinta a domingo

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos.quando ir 12/1/2012 a 29/1/2012, às 21:00h

quanto custa: Shows: R$ 3,00 (meia-entrada). A venda antecipada de ingressos para cada semana inicia-se no domingo da semana anterior, restrita a quatro bilhetes por pessoa. Mesa-redonda: Entrada Gratuita

Fonte: overmundo
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/12/2011 em Uncategorized

 

Tags:

NOTÍCIAS CULTURAIS

Prêmio Agente Jovem de Cultura

20-12-2011 – Fátima de Carvalho

Ministério da Cultura premia Iniciativas culturais de pessoas entre 15 e 29 anos

O Ministério da Cultura publicou nesta quarta-feira, 14, no Diário Oficial da União (DOU), o edital Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais. Por meio da Secretaria de Cidadania Cultural, o MinC vai premiar 500 iniciativas de jovens entre 15 e 29 anos. As inscrições para a premiação estarão abertas de 15 de dezembro de 2011 a 31 de janeiro de 2012.

O edital é uma parceria entre o MinC – que investirá R$ 2,9 milhões – e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil)além da Secretaria-Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500 mil).

Podem concorrer ao prêmio iniciativas existentes e já concluídas nas áreas de comunicação, tecnologia, pesquisa, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade. Cada selecionado irá receber premiação no valor de R$ 9 mil. Os premiados poderão se inscrever de acordo com a faixa etária: serão 200 bolsas para jovens entre 25 e 29 anos, número igual para aqueles que têm entre 18 e 24 anos e outras 100 para os jovens de 15 a 17 anos. As inscrições poderão ser feitas pela internet, por meio do SalicWeb, ou pelos Correios.

O edital terá duas fases: habilitação das propostas (análise documental eliminatória) e seleção (eliminatória e classificatória). Os projetos serão avaliados a partir dos seguintes critérios: criatividade, inovação e boas práticas;

impacto social da iniciativa; comprovação da qualidade e efetividade das estratégias de comunicação e de estratégias que promovam o empoderamento para o autocuidado; sustentabilidade valorização da cidadania e da diversidade cultural brasileira.

Para a secretária de Cidadania Cultural do MinC, Márcia Rollemberg, é importante identificar e valorizar o que vem sendo feito por jovens que trabalham com a cultura no Brasil. “Esse prêmio é o primeiro passo de um processo de ação mais ampla e permanente, que vai envolver trabalhos de fortalecimento da formação do agente jovem de cultura, incluindo bolsas de formação, com uma parceria, também, do Ministério da Educação (MEC)”, diz a secretária.

Clique aqui e acesse todas as informações sobre o edital.

O Ministério da Cultura publicou nesta quarta-feira, 14, no Diário Oficial da União (DOU), o edital Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais. Por meio da Secretaria de Cidadania Cultural, o MinC vai premiar 500 iniciativas de jovens entre 15 e 29 anos. As inscrições para a premiação estarão abertas de 15 de dezembro de 2011 a 31 de janeiro de 2012.

O edital é uma parceria entre o MinC – que investirá R$ 2,9 milhões – e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil)além da Secretaria-Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500 mil).

Podem concorrer ao prêmio iniciativas existentes e já concluídas nas áreas de comunicação, tecnologia, pesquisa, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade. Cada selecionado irá receber premiação no valor de R$ 9 mil. Os premiados poderão se inscrever de acordo com a faixa etária: serão 200 bolsas para jovens entre 25 e 29 anos, número igual para aqueles que têm entre 18 e 24 anos e outras 100 para os jovens de 15 a 17 anos. As inscrições poderão ser feitas pela internet, por meio do SalicWeb, ou pelos Correios.

O edital terá duas fases: habilitação das propostas (análise documental eliminatória) e seleção (eliminatória e classificatória). Os projetos serão avaliados a partir dos seguintes critérios: criatividade, inovação e boas práticas;

impacto social da iniciativa; comprovação da qualidade e efetividade das estratégias de comunicação e de estratégias que promovam o empoderamento para o autocuidado; sustentabilidade valorização da cidadania e da diversidade cultural brasileira.

Para a secretária de Cidadania Cultural do MinC, Márcia Rollemberg, é importante identificar e valorizar o que vem sendo feito por jovens que trabalham com a cultura no Brasil. “Esse prêmio é o primeiro passo de um processo de ação mais ampla e permanente, que vai envolver trabalhos de fortalecimento da formação do agente jovem de cultura, incluindo bolsas de formação, com uma parceria, também, do Ministério da Educação (MEC)”, diz a secretária.

Clique aqui e acesse todas as informações sobre o edital.

Leia mais:
MinC anuncia edital para a participação de jovens que produzem cultura no país

Fonte: Ascom/MinC

Pontos de Cultura

MinC dá início ao processo de aperfeiçoamento do Programa Cultura Viva

O Ministério da Cultura (MinC) vai aperfeiçoar o programa Cultura Viva, que coordena os projetos dos Pontos de Cultura em todo o país. A decisão foi anunciada pela secretária de Cidadania Cultural do MinC, Márcia Rollemberg, na tarde da última quarta-feira, 14, durante o lançamento do livro Cultura Viva – As Práticas de Pontos e Pontões, realizado no auditório da TV Câmara, em Brasília.

O livro traz o resultado de uma pesquisa sobre os Pontos de Cultura, feita pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), e faz um estudo reflexivo sobre o desempenho do programa do MinC, sobre o impacto das ações dos Pontos de Cultura na população,  além de identificar problemas de funcionamento e de sugerir melhorias. A partir desta quinta-feira (15) será criado um Grupo de Trabalho, na Secretaria de Cidadania Cultural do MinC, para discutir o redesenho do Programa Cultura Viva.

O GT será formado pelos parceiros institucionais do MinC, que contribuíram na elaboração do programa, como a Fundação Joaquim Nabuco, o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), o SESC/SP, a Controladoria Geral da União (CGU), o Ipea e cinco representantes da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura, entre outros colaboradores.

Os principais pontos de estrangulamento do Programa Cultura Viva, segundo o coordenador da pesquisa, Frederico Barbosa, são a falta de instrumentos jurídicos de gestão por parte do Estado, as dificuldades de monitoramento e avaliação contínua do programa, e problemas com o fluxo financeiro de apoio aos projetos.

O GT deve se debruçar sobre esses aspectos buscando soluções futuras. A baixa geração de renda para os integrantes dos Pontos de Cultura foi outro aspecto apontado pela pesquisa. “Esse é um dos problemas a serem resolvidos no redesenho. A gente viu que diante do potencial dos Pontos de Cultura, a renda gerada é muito pequena”, comentou o pesquisador.

Secretária de Cidadania Cultural, Márcia Rollemberg

A secretaria Márcia Rollemberg disse que o MinC está dando início ao planejamento e a institucionalização de um processo reflexivo sobre as políticas públicas da Casa. “Nosso esforço neste momento é o de dar materialidade, começar a demonstrar os resultados e o lado positivo dos programas. Continuaremos o trabalho com a importante parceria da Secretaria de Economia Criativa, já que uma das questões que se colocam para o bom funcionamento dos Pontos de Cultura é a questão do empreendedorismo e da autonomia dos projetos culturais”, afirmou.

A Pesquisa

O Ipea fez uma pesquisa de amostragem para a realização do livro, junto a 21 Pontos de Cultura e a todos os Pontões distribuídos pelo país. O trabalho levou em conta a avaliação dos integrantes dos projetos sobre as práticas culturais realizadas e o acompanhamento das ações praticadas pelas unidades pesquisadas, em um período de três anos.

O presidente do Ipea, Márcio Pochmann, disse que o Programa Cultura Viva é um trabalho contemporâneo e uma das experiências de políticas culturais mais inovadoras de toda a América Latina, nos últimos tempos, porque potencializa o protagonismo cultural da sociedade e traz um novo regionalismo econômico para o país, liderado pelos estados do Norte e Centro-Oeste. Complementado as informações sobre os Pontos de Cultura, o pesquisador do Ipea, Frederico Barbosa, comentou que a primeira pesquisa realizada pela instituição sobre o projeto, junto a 360 unidades, constatou a geração de cerca de 4 mil empregos diretos nos Pontos de Cultura e o envolvimento de 1,164 milhão de pessoas que visitaram esporadicamente os projetos.

As deputadas Jandira Feghali, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura, e Fátima Bezerra, presidente da Comissão da Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, entre outros parlamentares presentes no lançamento do livro, comentaram a disposição da Casa em apoiar a expansão do Programa Cultura Viva e a intenção dos integrantes da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura de transformar o programa em uma política de Estado. “Torná-lo uma política de Estado significa dar sustentabilidade orçamentária e programática ao programa”, comentou a deputada Fátima Bezerra. A parlamentar disse que já está sendo debatido, na Comissão de Educação e Cultura da Câmara, um Projeto de Lei que institucionaliza o Mais Cultura.

(Texto: Patrícia Saldanha – Ascom/MinC)
(Fotos: Paulino Menezes – Ascom/MinC)

Fonte: MinC 

Museus 

Ibram lançará editais de fomento e qualificação em 2012, com investimento de R$ 129,5 milhões

Em 2012, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia federal ligada ao Ministério da Cultura e responsável pela Política Nacional de Museus e pela melhoria dos serviços do setor, terá um orçamento de R$ 129,5 milhões. Se houver a aprovação de algumas emendas parlamentares, o valor sobe em 42%.

O orçamento aprovado será investido em diversas ações visando o fomento à área. Está prevista a nova edição do Programa de Fomento Ibram, além da continuidade do Programa de Qualificação em Museologia e a ampliação, em pelo menos 20%, do número de exposições nos 30 museus integrantes da estrutura do Ibram.

O Instituto pretende, ainda, aprovar o Projeto do Legado Cultural para o Setor Museal, que prevê a destinação de R$ 200 milhões por ano, até 2014, para a modernização, qualificação e garantia de atratividade dos museus brasileiros para os megaeventos esportivos que serão realizados no Brasil.

Entre as atividades previstas para 2012 estão a realização do Fórum Nacional de Museus (de 16 a 20 de julho), da X Semana Nacional de Museus (de 14 a 20 de maio) e da 6ª Primavera dos Museus (em setembro).

O Brasil também sediará uma reunião com especialistas em patrimônio museológico e coleções para discutir um marco regulatório internacional para o setor, sob a coordenação do Ibram, conforme proposta aprovada pela Unesco. Além disso, terão início as reuniões do projeto Conexões Ibram, que objetiva a disseminação e o desenvolvimento de temas estruturantes para a área museal em estados e municípios.

Balanço

Em 2011, o Ibram promoveu diversas ações de divulgação, fomento e incentivo à universalização do acesso à memória do Brasil. O Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011 lançou 10 editais, sendo seis inéditos, destinando R$ 16 milhões em prêmios e projetos relacionados a museus. Além do fomento à implantação e modernização de museus e a projetos educacionais e de memória social, houve incentivo a artistas contemporâneos e premiações para roteiristas, jornalistas e carnavalescos que divulgassem a temática museal em diversas mídias. No total serão mais de 200 iniciativas contempladas.

A inauguração do Centro Nacional de Estudos e Documentação da Museologia (Cenedom) e o lançamento das publicações Museus em Números e Guia dos Museus Brasileiros demonstram a preocupação do Instituto em fazer um diagnóstico do setor para balizar a formulação e a avaliação de políticas públicas e pesquisas sobre os museus brasileiros.

O Guia dos Museus Brasileiros traz dados como ano de criação, endereço, horário de funcionamento, tipologia de acervo, entre outras informações de mais de 3 mil museus mapeados pelo Ibram. Já nos dois volumes da publicação Museus em Números é feito um panorama estatístico nacional e internacional do setor de museus com textos analíticos e dados sobre as instituições cadastradas pelo Ibram.

Além de realizar mais de 70 exposições temporárias e itinerantes nos 30 museus federais que fazem parte de sua estrutura, o Ibram estimulou a circulação e o intercâmbio de acervos e coleções inclusive internacionalmente. Quase 200 obras foram enviadas ao Festival Europalia, na Bélgica e países vizinhos, que teve o Brasil como tema deste ano. Além disso, o Ibram também colaborou acompanhando a fase de pré-produção e produção do evento.

Outro destaque do ano foi a ampliação do projeto de museologia social, com o aumento do número de oficinas de qualificação e a realização de exposições marcando o lançamento de diversos Pontos de Memória. Na sede do Instituto e também nos museus que integram sua estrutura foram realizados seminários, mesas redondas e palestras. Merece menção também a reabertura da Galeria de Arte Brasileira do Século XIX, no Museu Nacional de Belas Artes e do Palácio Rio Negro, que estavam fechados para reformas.

(Fonte: Ascom/Ibram) MinC 

Instituto Bacarelli

     Ministra Ana visita importante projeto cultural apoiado pelo MinC na capital paulista

Na sexta-feira, 16/12, a ministra Ana de Hollanda visitou o Instituto Bacarelli, centro de formação musical e artística localizado em Heliópolis, zona sul da cidade de São Paulo. Acompanhada pelo Secretário de Políticas Culturais do MinC, Sergio Mamberti, e pelo senador Eduardo Suplicy, a ministra conheceu o novo prédio da instituição, construído com recursos da Lei Rouanet, e assistiu a apresentações de alunos do instituto, entre eles os integrantes da Sinfônica Heliópolis.

Talvez o mais conhecido dos projetos do Instituto, a Sinfônica de Heliópolis é formada principalmente por jovens de baixa renda do bairro e é reconhecida internacionalmente por sua excelente qualidade musical. Segundo a ministra, “o ensino de música oferecido pelo Instituto é importante para a formação do indivíduos que ali estão, mas também é fundamental para a comunidade “. A ministra Ana ainda parabenizou os integrantes pelo desempenho do grupo, afirmando que eles são motivo de orgulho não apenas para seus familiares, mas para todo o país.

Em conversa com os diretores do Instituto, a ministra Ana e o secretário Mamberti reforçaram a importância do Plano Nacional de Cultura como ação estruturante da política cultural do país, transformando-a em questão de Estado com metas de longo prazo (leia matéria sobre a assinatura da portaria que oficializa as 53 metas do Plano Nacional de Cultura), e da ratificação do acordo MEC-MinC, cujo objetivo é desenvolver ações culturais nas escolas da rede pública, “favorecendo a presença de todas as áreas culturais nas escolas e possibilitando formação e fruição culturais mais difundidas”, segundo Ana de Hollanda.

Para Edmilson Venturelli, diretor de relações institucionais do Instituto, a visita da Ministra da Cultura é uma oportunidade para que o instituto preste contas dos recursos públicos destinados aos seus projetos de forma completa, demonstrando ao vivo os resultados de alto nível atingidos pelos alunos e a riqueza do trabalho desenvolvido.

(Fonte: Ascom/MinC)
(Fotos: Augusto Canuto – Ascom/MinC) – MinC
 
Deixe um comentário

Publicado por em 20/12/2011 em Uncategorized

 

Tags:

PELOMUNDO CULTURAL

Mostra EQUIVALENTES A BERGSON na Galeria do Ateliê

17-12-2011 – Fátima de Carvalho

                      “Nos templos do armário” obra de Luiza Burlamaqui na Galeria do Ateliê

Inspirados nas reflexões sobre o conceito do Tempo do filósofo francês Henri Bergson, um grupo de 36 artistas inaugura a mostra EQUIVALENTES A BERGSON – com fotografias, vídeos e objetos – no dia 16 de dezembro, às 19hs, na Galeria do Ateliê. A exposição permanece na Av. Pasteur, 453, Urca (2541-3314) de 2ª a 6ª, de 9hs às 19hs, com entrada franca.

EQUIVALENTES A BERGSON foi realizada pelo coletivo EQUIVALENTES, com curadoria de Marco Antonio Portela. Participam da exposição Ana Paula Albé, Ana Angélica Costa, Ana Dalloz, Angela Rolim, João Araujo, Luiza Burlamaqui, Greice Rosa, Rogério Reis, André Vilaron, Kitty Paranaguá, A.C. Junior, Valeria Costa Pinto, Patricia Gouvêa, Leonardo Ramadinha, Paulo Batelli, Marco Antonio Portela, Marcos Bonisson, Caroline Valansi, Denise Cathilina, Gabriela Lima, Ana Kahn, André Sheik, Luciana Whitaker, Thiago Barros, Mõnica Mansur, Isabela Lira, Gabi Carrera & Thais Berlinsky, Viviane Angeleas, Cesar Souza, Renata Mazzini, M.T. Ferraz, Marcos Dantas, Renato Índio do Brasil, Marcia Mello e Soledad Vinardell, que tiveram como desafio em suas obras refletir sobre o tempo, o conceito de duração e a quebra da idéia de um fluxo imperturbável.

Para o curador Marco Antônio Portela, “enquanto o senso comum nos leva a pensar a fotografia como uma viagem ao passado, verificamos que ela – a fotografia – vem impregnada de futuro. Por isso, deve ser entendida para além do momento de sua captura, de seu nascedouro, indo de encontro com um outro tempo – tempo esse que já carrega em si. Fotografia como amálgama de tempos”.

O coletivo EQUIVALENTES estreou durante o FotoRio 2011 com a exposição EQUIVALENTES A STIEGLITZ, ocupando o saguão do Aeroporto Santos Dumont. Esta nova mostra EQUIVALENTES A BERGSON foi apresentada pela primeira vez no OFF Paraty, festival paralelo ao Paraty In Foto, com curadoria de Patrícia Gouvêa. Com estas ações, o coletivo aposta na possibilidade de ocupação no campo expositivo da arte.

onde fica: Galeria do Ateliê (Ateliê da Imagem Espaço Cultural)

quando ir: 16/12/2011 a 25/2/2012

quanto custa: Entrada franca

website: www.ateliedaimagem.com.br

contato: RS Comunicação & Eventos Liliane Schwob e Eli Rocha (21) 2547-4953 e 9124-4558

lilianeschwob@gmail.com /elirocha246@gmail.com

Fonte: overmundo / Liliane R.Schwob
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural

Clint Eastwood – Clássico e implacável

 

Retrospectiva exibe 43 filmes do premiado diretor e ator

*Programação inclui obras-primas como Os Imperdoáveis, Gran Torino, Sobre meninos e lobos, Menina de Ouro e Bird, que consagraram o artista como diretor e o raro curta O estranho que nos amamos: O contador de historias, sua estréia na direção

*O trabalho como ator nos primeiros westerns de Sérgio Leone estará representado em três clássicos do gênero

*Um debate promete discorrer sobre a trajetória artística e pessoal de Eastwood

De ícone do macho durão e implacável a diretor sensível e preciso, a trajetória do cineasta e ator Clint Eastwood tem sido única na história do cinema mundial. Um dos principais nomes contemporâneos do cinema norte-americano, Eastwood já dirigiu 34 filmes e atuou em mais de 65. Foi nomeado oito vezes ao Oscar, ganhando dois, e o único a ser indicado duas vezes pelo trabalho de diretor e ator num mesmo filme – Os Imperdoáveis, de 1992, e Menina de Ouro, de 2004. A vida de Clint Eastwood nunca foi banal.

Aos 81 anos de idade e prestes a lançar o 35º filme, o grande nome do cinema mundial vai receber uma homenagem do Centro Cultural Banco do Brasil em Brasília. É a mostra CLINT EASTWOOD – CLÁSSICO E IMPLACÁVEL, uma bela e ampla retrospectiva de quase todos os seus filmes como diretor. A mostra acontece de 13 de dezembro de 2011 a 8 de janeiro de 2012, no Cinema do CCBB, com intervalos para as festas de final de ano. A programação será aberta por um título que ajudou a forjar a imagem de homem destemido que cerca o ator: Dirty Harry – Perseguidor implacável, às 14h30, da terça-feira, dia 13.

Ao longo de quatro semanas e em quatro sessões diárias, será possível (re)ver 43 filmes, sendo 32 títulos dirigidos por Clint Eastwood e outros 11 longas-metragens que marcaram sua carreira de ator. A mostra exibirá o raríssimo curta O estranho que nos amamos: O contador de historias, primeiro filme dirigido por Eastwood. A programação abrange desde os seus primeiros trabalhos como o pistoleiro durão dos faroestes de Sérgio Leone a produções recentes como diretor, como Gran Torino e Além da Vida, passando ainda pelos demais momentos de sua carreira, e por temas como a violência, a moral, o preconceito e os conflitos. Além da exibição do filmes, a mostra contará com um debate, às 20h do dia 15, para avaliar a trajetória deste que é considerado o cineasta da precisão e do rigor. A programação será acompanhada de catálogo com textos já publicados sobre o artista e novos ensaios.

onde fica: Centro Cultural Banco do Brasil – Brasília

quando ir: 13/12/2011 a 08/1/2012

quanto custa: Entrada franca

website: www.objetosim.com.br

contato: Gioconda Caputo e Carmem Moretzsohn

Fonte: overmundo / Objeto Sim

Inauguração da L’Amateur Galeria de Arte

Inauguração da L’Amateur Galeria de Arte aconteceu  dia 14/12, irá até 31/12 em Botafogo.

Almir de Azevedo inaugura amanhã, dia 14 de dezembro, a L’Amateur Galeria de Arte. Localizada no bairro de Botafogo, possui um ambiente simples e amplo, com a finalidade de democratizar ao público o acesso à compra, e aos artistas à venda e consignação de obras dos mais variados estilos artísticos. A inauguração acontece às 19h30, na Rua Arnaldo Quintela, 57-B, e é aberta ao público.

Almir de Azevedo vem de uma origem humilde e iniciou seu trabalho profissional como um simples quadrista. Em seguida trabalhou como moldureiro por mais 20 anos. Nesta função se destacou fazendo pequenas restaurações e criando molduras artesanais originais e diferenciadas. Sem um espaço fixo para expor seus trabalhos, Almir fez das ruas de Botafogo sua galeria ao livre, expondo em muros, calçadas, postes ou qualquer outro suporte urbano que desse visibilidade às suas obras e chamasse a atenção das pessoas que passavam por elas.

De tanto observar os diversos trabalhos artísticos que passavam por suas mãos, alimentou por anos o sonho de ter a sua própria Galeria de Arte. Incentivado por uma professora de pintura, que viu suas molduras expostas num desses lugares públicos, alugou um pequeno espaço em Botafogo. A partir desse momento obteve maior contato com artistas e marchands, o que fez com que tivesse maior conhecimento do mercado. Agora, finalmente concretiza seu sonho: a L’Amateur Galeria de Arte.

Serviço: Inauguração da L’Amateur Galeria de Arte

Data: 14 de dezembro de 2010.

Horário: 19h30

Tel.: (21) 2543-1177

Informações: (21) 2235-6456

www.lamateurgaleriadearte.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17/12/2011 em Uncategorized

 

Tags: , , ,

PELOMUNDO CULTURAL

Espaço Cultural Correios expõe Margarita Farré

06-12-2011 – Fátima de Carvalho

Foi aberta no dia 1º de dezembro, no Espaço Cultural Correios, à Rua Marechal Deodoro, 470, Juiz de Fora, uma mostra de 16 esculturas de autoria de Margarita Farré, artista nascida em Barcelona e que reside e trabalha em São Paulo. A exposição inclui 11 obras figurativas, sendo 9 em bronze e duas em alumínio pintado com tinta automotiva, e 5 obras abstratas mais antigas, realizadas com materiais diversos tais como aço polido ou pintado, mármore, e alumínio retorcido e pintado.

Todas as obras estão reproduzidas no livro “A Escultura de Margarita Farré”, de autoria do crítico de arte Enock Sacramento, também curador da exposição. O livro, patrocinado pela LG através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, será lançado na noite do vernissage. Na mesma ocasião, Enock, que também é o curador da mostra, discorrerá sobre o trabalho da artista, que estará presente.

onde fica: Rua Marechal Deodoro, 470 – Centro – Juiz de Fora – MG

quando ir: 01/12/2011 a 14/1/2012, às 10:00hs

quanto custa: Entrada franca

contatoTelefone: (32) 3690-5715 / 3690-5736

Fonte: overmundo / SevenStarMarketing
 
Deixe um comentário

Publicado por em 06/12/2011 em Uncategorized

 

Tags: , , ,