RSS

Coco de Roda ganha o Caribe

06 jul

06-07-2012 – Fátima de Carvalho

 Grupo pernambucano participa de evento com apoio do Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural

Brasília – Ritmo e canto tipicamente brasileiro surgido nas rodas de tiradores de coco, a manifestação cultural coco de roda agora tem a oportunidade de expandir suas fronteiras e ecoar por toda ilha de Cuba.

O grupo pernambucano A Cocada, é o único representante brasileiro com participa do 32ºFestival del Caribe, realizado em Santiago de Cuba.

Nascido nas ruas da comunidade de Amaro Branco em Olinda, o grupo teve apoio do Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural, desenvolvido pela Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic), do Ministério da Cultura (MinC), para viajar e com isso contribuir para o fomento e divulgação da diversidade cultural brasileira.

Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Cultura (FNC) e são destinados ao custeio referentes às atividades como apresentações de trabalhos próprios: cursos de capacitação, residência artística e de gestão e participação em eventos de reconhecimento ao trabalho, como premiações e homenagens, desenvolvidas por entidades nacionais ou internacionais.

No seu retorno ao Brasil, o grupo A Cocada promoverá um seminário, apresentando o resultado de sua ida à Cuba, com idéias e experiências a serem desenvolvidas em sua comunidade.

Festival del Caribe

Conhecido também como Fiesta Del Fuego, o festival acontece desde 1981 e reúne todas as manifestações culturais, cientifica e literárias latinas, homenageando um país latino a cada edição. O Brasil foi homenageado em 1988 e 1997. A edição desde ano acontece ao longo desta semana e termina no próximo dia 9.

O grupo pernambucano fará uma apresentação em palco e outra em cortejo, mostrando composições de coco, caboclinho, maracatu, ciranda, afoxé e samba de roda.

O evento é realizado pela Casa del Caribe, entidade cubana dedicada aos estudos de cultura popular e à difusão e intercâmbio entre artistas, intelectuais e gestores.

Ritmo que nasce do corpo

O coco de roda nasce de uma mistura simples e agradável de instrumentos como o Ganzá, Surdo, Triângulo e Pandeiro que fazem desse ritmo um tempero todo especial. Mas o que marca mesmo a cadência desse ritmo é o repicar acelerado dos tamancos.

A sandália de madeira é quase como um quinto instrumento, pois a sonoridade é completada com as palmas. Não se pode separar o coco das sandálias de madeira, afinal a dança do coco de roda é caracterizada pelos barulhos ritmados das coreografias.

Leia mais.

(Texto: Marcos Agostinho, Ascom/MinC)
(Foto: Juliano Mendes da Hora, Ascom MinC/RRNE)

Fonte: MinC
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 06/07/2012 em Uncategorized

 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: