RSS

Outras Danças 2012: Brasil/Uruguai/Argentina

29 ago

29-08-2012 – Fátima de Carvalho

 

Projeto da Funarte investiga novos caminhos para a Dança na América Latina

 

 

O projeto Outras Danças: Brasil/Uruguai/ Argentinavai realizar atividades artísticas e pedagógicas na área de dança durante o segundo semestre de 2012. Com o objetivo de promover integração e novas descobertas para gestores e artistas da América Latina, o projeto abre espaço para os diversos atores envolvidos na produção artística da dança dos três países. As inscrições estão abertas até o dia 3 de setembro.

Esta edição traz como marca a realização de ações comprometidas com a aproximação entre artistas, produtores, críticos, programadores, gestores e governos de diferentes países da América Latina. O intuito é estabelecer novas possibilidades para a dança através da formação e da criação de estratégias para o diálogo entre os diferentes sujeitos ligados à expressão da dança.

Idealizada pela Fundação Nacional de Artes (Funarte),  vinculada ao Ministério da Cultura, a primeira edição do evento foi realizada no ano passado, em Fortaleza (CE). Participaram pessoas interessadas no segmento e profissionais do Brasil, Chile e Colômbia, envolvendo, ao todo, 120 pessoas, dentre elas artistas, técnicos, produtores, palestrantes e gestores.

A edição 2012 acontecerá entre 1º de outubro e 11 de novembro, em Porto Alegre, numa parceria entre a Funarte e o governo do Rio Grande do Sul.

Convocatória

Está em vigor a convocatória para inscrição de intérpretes-criadores, bailarinos e coreógrafos interessados em participar das duas residências que integram o projeto. Essas residências serão oferecidas na cidade de Porto Alegre (RS) e ministradas pelos coreógrafos Luis Garay (Argentina) e Adriana Belbussi Figueroa (Uruguai). Cada coreógrafo desenvolverá um trabalho ao longo de 30 dias com uma turma de 13 artistas que serão selecionados através de processo democrático de convocatória e seleção pública.

Os selecionados são responsáveis por acompanhar todo o processo criativo e, ao final, desenvolverão um trabalho solo ou duo que será apresentado na Mostra Solos e Duos, programação que também integra o projeto e que receberá outros trabalhos convidados do Uruguai e da Argentina.

Os artistas que não residem em Porto Alegre receberão hospedagem e alimentação durante todo o período da residência e da mostra. O projeto Outras Danças não garante transporte para os artistas selecionados, que devem se responsabilizar pelo traslado em todas as situações. Todos os participantes receberão certificado de participação, chancelados pela Funarte/MinC.

Inscrições

As inscrições para as residências deverão ser realizadas até 03 de setembro de 2012, exclusivamente pela internet, por meio do site outrasdancas.com.br.

O resultado será divulgado no site do projeto e ficará disponível para consulta a partir do dia 08 de setembro de 2012. Os selecionados serão informados por e-mail.

Com uma programação diversificada e sempre gratuita, o projeto reúne ações estruturantes que se complementam a partir de processos criativos e colaborativos, mostra e circulação de espetáculos, discussões políticas, reflexão e geração de conhecimento.

Ações do projeto

A programação é composta por duas residências de 30 dias cada, pela Mostra de Solos e Duos e pelo II Seminário “Novos Caminhos e Outras Danças na América Latina: Criação, Produção e Gestão”. As residências consistem em um processo criativo para intérpretes, bailarinos e coreógrafos que proporcionará o encontro entre criadores do Brasil e de outros países da América Latina para, juntos, estreitarem o convívio dentro e fora da dança, pensando e experimentando como a dança e seus discursos podem interferir no corpo, na forma e no resultado de cada criação.

Cada um das residências envolverá ao todo 26 artistas brasileiros. Ambas as residências despertarão processos de trabalhos solos e duos, além de despertarem reflexões e proposições de novas estratégias de articulação voltadas à dança. O público será definido a partir de um processo de convocatória e seleção pública.

Já a Mostra de Solos e Duos é um espaço para apresentação, difusão e circulação de espetáculos solos e duos, que partem de temáticas e técnicas variadas para inscrever outras formas de atuação no ambiente da dança. Será a culminância das residências e estimulará, assim, processos colaborativos na criação de solos e duos e, além dos experimentos criados nas residências. A Mostra também receberá artistas convidados uruguaios e argentinos, aproximando as nações por meio da dança e anunciando possíveis desdobramentos futuros entre os artistas dos países envolvidos.

O Seminário vai reunir gestores de espaços culturais uruguaios, argentinos e brasileiros, além de artistas, críticos, programadores e produtores. A intenção é investigar outras formas de habitar a dança. Sob o título “Novos Caminhos e Outras Danças na América Latina: Criação, Produção e Gestão”, será focado em estratégias de gestão e produção em dança e também suscitará a discussão em torno de processos de criação em dança.

Gerando encontros e novos caminhos que possibilitem a ampliação das fronteiras e relações artísticas entre os países e artistas envolvidos, o seminário se propõe a produzir impactos duradouros nos participantes e possibilitar um aproveitamento maior das experiências tanto em diversidade das formas quanto em articulação das iniciativas latino-americanas. Junto aos criadores, esse encontro compartilhará ferramentas, formas de atuação, estratégias de sobrevivência e criação.

Da experiência ao aprimoramento

Viana Júnior, bailarino e intérprete-criador do Cia. Balé Baião de Dança Contemporânea, participou da Mostra Solos e Duos e da residência artística no ano passado. Com o solo “proposições para o infinito”,  o exercício se desdobrou após a realização do Outras Danças. Agregaram-se mais elementos e aprimoraram-se os conceitos. Para ele, o projeto foi de fundamental importância não só para a sua evolução como artista, mas para pensar a arte em suas diferentes vertentes.

“O Outras Danças proporcionou ao meu processo criativo o diálogo entre os demais criadores em sua diversidade estética e cultural, novos afetos e afetações oriundos da comunhão diária dos universos particulares, atravessando-se num hibridismo propício à criação”, afirma o profissional.

O bailarino ressalta a importância de conhecer e conviver com artistas de uma realidade diferente, porém próxima. “São países que enfrentam dificuldades parecidas no que se refere a políticas públicas para a Dança, o que talvez seja o causador do pouco trânsito de trabalhos da América Latina. Nesse sentido o projeto Outras Danças é um caminho importantíssimo que estamos trilhando”, expressa Viana Júnior.

O coordenador de dança da Funarte, Fabiano Carneiro, afirma que o objetivo de proporcionar troca de experiências e contato com o novo teve grande êxito na primeira edição, objetivo que deve se repetir neste ano. “A integração entre gestores dos países envolvidos, atores que promovem as políticas públicas no campo da dança é um ponto crucial”, afirma.

Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato pelo email contato@outrasdancas.com.br

(Texto: Rosiene Assunção, Ascom/MinC)
(Fotos: Alex Hermes e Eden Barbosa)

 

Fonte: MinC
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/08/2012 em Uncategorized

 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: