RSS

Arquivo mensal: janeiro 2013

“Pano de Roda”

31-01-2013 – Fátima de Carvalho

 

ee4acf0804c5220acb0a04d8e39d8d91cc9a0c63Pano de Roda é uma homenagem ao popular circo brasileiro que, sem recursos para ter manter uma estrutura de lona, utilizava um tecido para circundar as arquibancadas, pano este batizado “tomara que não chova!”, um recurso circense tipicamente brasileiro. A montagem traz esquetes tradicionais, em uma atmosfera lúdica e poética, baseados nos ensinamentos do mestre Zezito, o palhaço Pitomba, profissional que teve grande influência na formação dos palhaços da Cia Carroça de Mamulengos.

A Carroça de Mamulengos pretende realizar uma turnê itinerante com o espetáculo, na sua tradição de andarilhos. O grupo trabalha há mais de 35 anos pela preservação dos elementos que caracterizam as festas e folguedos brasileiros, apresentando espetáculos, autos e cortejos tradicionais do nordeste, em diversas regiões do país.

Ficha técnica:
Concepção, direção, dramaturgia, roteiro, bonecos, cenários e figurinos: Cia Carroça de Mamulengos
Direção musical: Beto Lemos
Atores brincantes: Schirley França, Francisco Gomide, Elen Carvalho, João Gomide, Matheus Gomide, Pedro Gomide, Isabel Gomide e Luzia Gomide
Músicos em cena: Beto Lemos e Maria Gomide
Iluminação: Aurélio De Simoni
Cenografia: Carlos Alberto Nunes e Fernando Mello
Figurinos: Carlos Alberto Nunes
Produção executiva: Augusto Oliveira
Direção de produção: Sergio Saboya

Até 3 de março
Sábados e domingos, 16h

Informações ao público: (21) 2240-4879
Dias: De 2 de fevereiro a 3 de fevereiro de 2013
Horário: 16:00 às 17:00
Local:Teatro Dulcina – Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro (Metrô – Estação Cinelândia) Rio de Janeiro (RJ)
Fonte: Funarte
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2013 em Uncategorized

 

Tags:

“Cabaré Dulcina”

31-01-2013 – Fátima de Carvalho

 

Cabare Dulcina
Cabare Dulcina

O musical usa a linguagem de um cabaré para contar eventos históricos que transformaram a Praça Onze, no Rio, no início do século XX com a reurbanização da área.
Fala do primeiro “bota-abaixo” de casas e prédios que deslocou a população para o Morro da Favela, a primeira favela da cidade, do nascimento do choro, do maxixe, do samba, da construção das avenidas Presidente Vargas e Rio Branco. Também são contadas e cantadas a Revolta da Vacina, Revolta da Chibata, a comunidade judaica, as polacas, a pequena África e a casa de Tia Ciata.

Cabaré Dulcina reflete a pluralidade da região, misturando atores jovens e velhos, novatos e profissionais, músicos, cantores, mágicos, bailarinos e sambistas, numa aproximação da diversidade cultural que marcou uma época.

Ficha técnica:
Supervisão: Antonio Pedro Borges
Direção: Vilma Melo e Édio Nunes
Direção musical e composição: Gabriel Moura
Elenco: André Locatelli, Andrea Bordadagua, Charles Fernandes, Francisco Salgado, Marcelo Capobiango, Mauro Lima, Milton Filho, Patrícia Costa, Patrícia Ferrer, Thiago Pach, Val Perré, Wanderley Gomes e Cyda Moreno como “Cafetina Dolores”.
Coro: Andrea Rangel, Berenice Moreno, Luiz Claudio Canaan, Mariana Paes, Melissa Euqueres, Mônica Lucia Flôres, Teresa Tostes, Vera Luz e Wanderson Luna.
Atores convidados: Andrea Bordadagua, Charles Fernandes, Cyda Morenix, Francisco Salgado, Marcelo Capobianco, Milton Filho, Patrícia Costa, Patrícia Ferrer, Thiago Pach, Val Perré e Wanderley Gomes.
Iluminação: Anderson Ratto e Binho Schaefer
Supervisão de cenário e figurino: Claudio Tovar
Cenário: Flavia Gilly e Felipe Ballesteiro Pereira Tomaz
Músicos: Nelson Freitas (piano), Ralphen Rocca (violão), Rodrigo Ferreira (baixo), Michel Nascimento (Bateria) e Humberto Araújo (saxofone)

Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Até 24 de fevereiro
Sexta a domingo, às 19h

Informações ao público:

(21) 2240-4879
Dias: De 1 de fevereiro a 3 de fevereiro de 2013
Horário: 19:00 às 20:30
Local: Teatro Dulcina – Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro (Metrô – Estação Cinelândia) Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Funarte
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2013 em Uncategorized

 

Tags:

Lei Goyazes abre inscrições para novos projetos

31-01-2013 – Fátima de Carvalho

lei-goyazes-logo-jpeg

Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás) abre de 1º a 28 de fevereiro as inscrições para novos projetos do Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Lei Goyazes. Para se inscrever, o interessado deve elaborar um projeto de produção cultural, observando a instrução normativa nº 01 e a resolução nº 02 do Conselho Estadual de Cultura. Os documentos estão disponíveis no site da Secult Goiás, no link: http://www.secult.go.gov.br/post/ver/140813

As inscrições são feitas no setor de Protocolo da secretaria, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30, no Centro Cultural Marieta Teles, n° 02, Praça Cívica, Centro de Goiânia.

Como funciona – O Governo de Goiás financia projetos culturais por meio de renúncia fiscal do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Se aprovado na Lei Goyazes, o produtor recebe uma carta de crédito. Com isso, ele pode procurar empresas interessadas em financiar seu projeto. O valor investido pela empresa será descontado no ICMS pago ao governo. O programa é gerido pela Secult Goiás. Os projetos são avaliados e aprovados pelo Conselho Estadual de Cultura. Podem se inscrever pessoas de todo o Estado.
Mais informações: (62) 3201 9884

Secretaria de Estado da Cultura (Secult-Goiás)
http://www.secult.go.gov.br
Assessoria de Imprensa – (62) 3201-9857
http://www.facebook.com/SecultGO
@secultgoias

 

Fonte: Secult.GO
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s

 

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2013 em Uncategorized

 

Tags:

O REI DO BAIÃO NA ÚLTIMA ESTAÇÃO? 31/1 · Aracaju, SE

30-01-2013 – Fátima de Carvalho

 

1359402256_img_0645                   Banda Casaca de Couro irá se apresentar com repertório especial de Luiz Gonzaga

Primeira edição do projeto Caravana Luiz Gonzaga Vai ao Instituto Federal de Sergipe e encerra o itinerário escolas 

Depois de encantar estudantes, educadores e professores de escolas da rede pública, a primeira edição do projeto Caravana Luiz Gonzaga vai à Escola vai aportar na sua última parada. Na próxima quinta feira (31), o Instituto Federal de Ensino, a antiga Escola Técnica, vai receber todo o conteúdo do projeto.

A PROGRAMAÇÃO terá inicio às 8h30 da manhã, com a montagem e apresentação da exposição visual com mais de 30 fotografias contando parte da vida e arte de Luiz Gonzaga. No turno da tarde, a partir das 14h30, no auditório, será realizada uma palestra audiovisual do professor e colecionador José Augusto de Almeida. A caravana contará ainda com a apresentação das meninas que integram a oficina de dança do Ponto de Cultura: Juventude e Cidadania com uma coreografia inspirada nas músicas do sanfoneiro de Exu. Ao final o grupo musical Casaca de Couro vai tocar um repertório cheio de xote, forró e muito baião mostrando “clássicos” e outras músicas importantes na vida de Luiz Gonzaga.

CARVANA E A SEMANA DE ARTE – O professor do IFS, Nazareno Gonçalves acredita que projetos como a Caravana Luiz Gonzaga podem despertar nos estudantes o gosto pela cultura e sua expressão de um dos representantes legítimos. “Gonzagão não é importante apenas nas escolas mas em toda vida brasileira, em particular a história dos nordestinos que tem nele seu maior divulgador. Dentro do processo educativo além do estudo da literatura, cabe destacar a linguagem cantada nas suas composições que retrata fielmente a linguagem popular do sertão. Isso é assunto para o ano inteiro em sala de aula”, afirmou Nazareno.

O professor afirma ainda que gostaria que a Caravana tivesse se encontrado com um outro projeto, a “Semana de Arte e Cultura do IFS”, mas que por motivos de falta de espaço físico isso não foi possível. Realizada em novembro de 2012 e coordenado pelo próprio Nazareno, a Semana de Arte do IFS reúne diversas turmas dos campi da Instituto em Sergipe para produzirem e “se alimentarem” de cultura nordestina.

“A Semana de Arte tem por objetivo divulgar, resgatar e ajudar a preservar a cultura nordestina, particularmente, a sergipana, além de integrar os campi que fazem o Instituto Federal de Sergipe que trazem para Aracaju as atividades culturais que se envolvem durante o ano e recebe apresentações culturais de escolas públicas convidadas, do interior e da capital.”, explica o professor lembrando ainda que a um dos temas desse nosso evento foi o centenário de Gonzagão. “Tarefa desenvolvida pela turma do 2º ano de Química que estará
presente para acompanhar as atividades da caravana que estão em plena
sintonia com nosso evento”, afirmou Nazareno.

CARTILHA PARA EDUCADORES E APOIO CULTURAL
O coordenador da Caravana Zezito de Oliveira, afirma ainda que em abril será feita uma apresentação do balanço final da Caravana Luiz Gonzaga. “No encontro será feito o lançamento da cartilha pedagógica dirigida a educadores de escolas públicas e de iniciativas sociais e/ou culturais”, informou o coordenador. A cartilha será intitulada “Conhecendo o Nordeste com Luiz Gonzaga”, além do informativo impresso Diário de Bordo e do vídeo-documentário sobre a Caravana.

O projeto Caravana Luiz Gonzaga Vai à Escola só está sendo possível graças ao ao patrocínio da Funarte/Ministério da Cultura e do apoio cultural da Fundação Aperipê, Instituto Banese/Museu da Gente Sergipana, Banco do Nordeste, Sebrae e Centro de Criatividade.

onde fica: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe
Avenida Engº Gentil Tavares da Mota, 1166
Bairro Getúlio Vargas – Aracaju / Sergipe
quando ir: 31/1/2013
website http://caravanaluizgonzaga.com.br/?p=177&preview=true
contato: Zezito de Oliveira – produtor executivo – 9993-4483 (vivo)* 8864-5927 (oi)

Fonte: overmundo
Facebook:Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30/01/2013 em Uncategorized

 

Tags:

Campanha Grito Verde – Grito Rock 2013

30-01-2013 – Fátima de Carvalho

75853_328790800564975_127937001_nEstá lançada a campanha Grito Verde! numa lógica de integração junto aos produtores, através de dinâmicas construídas pela frente Nós Ambiente – Fora do Eixo para o Grito Rock Mundo e parceiros, esta iniciativa sugere ações que têm por objetivo a promoção e discussão de práticas e valores socioambientais, construindo um evento comprometido com as preocupações globais em relação ao Meio Ambiente.

A campanha fomenta a promoção e discussão de práticas e valores ecologicamente corretos, auxiliando na construção de um evento que esteja dialogando com questões referentes à Cultura, Sociedade e Meio Ambiente.
Para entender um pouco mais sobre o Grito Verde, foi montada uma cartilha, que já sugere algumas ações que podem ser realizadas. Confira e entre nesse grito por um mundo melhor.

Faça sua adesão: http://bit.ly/11eyiNT
Veja a cartilha: http://bit.ly/11eAsNp
Evento Sustentável? O Planeta agradece!!”

Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s 
 
Deixe um comentário

Publicado por em 30/01/2013 em Uncategorized

 

Tags:

MinC abre concurso para preencher 83 vagas

29-01-2013 – Fátima de Carvalho

 

Inscrições estarão abertas até 3 de março e as provas serão aplicadas no dia 7 de abril

 

O Ministério da Cultura (MinC) abriu concurso público para o provimento de 83 vagas do cargo de Técnico de Nível Superior, pertencentes ao Plano Especial de Cargos da Cultura. O Edital foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 29 de janeiro, na seção 3, páginas 13 a 17.

De acordo com o edital, os candidatos aprovados serão lotados nas unidades responsáveis pelo acompanhamento e prestação de contas dos projetos culturais do MinC, em Brasília.

O vencimento básico é de R$ 1.990,00, acrescido da Gratificação de Desempenho de Atividades Culturais (GDAC), no valor de R$ 1.990,40, correspondente a 80 pontos da gratificação para o cargo inicial de nível superior. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais. O processo seletivo também visa a formação de cadastro de reserva.

As provas objetivas e discursivas serão aplicadas no dia 7 de abril pelo Instituto Cidades. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas até 3 de março, exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico do Instituto (www.institutocidades.org.br) . Os locais das provas serão divulgados até o dia 27 de março.

Para concorrer, os candidatos deverão ter diploma (registrado) de conclusão de qualquer curso de graduação em nível de bacharelado ou de licenciatura plena, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

As provas objetivas serão de Língua Portuguesa; Conhecimentos Gerais (noções de Informática, lingua estrangeira e administração pública); e Conhecimentos Específicos ( Finanças Públicas e setor de Cultura do Governo Federal). A prova discursiva vai abranger um tema relacionado à área da Cultura desenvolvida pelo Governo Federal.

Leia o edital na íntegra (pgs. 13 a 17)

Acesse o site do Instituto Cidades

(Texto: Glaucia Lira, Ascom/MinC)

 

Fonte: MinC
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29/01/2013 em Uncategorized

 

Tags:

MinC promove oficinas de capacitação

24-01-2013 – Fátima de Carvalho

 

Trabalho visa o preparo de candidatos para os editais voltados aos criadores e produtores negros

 

cartaz-editais-300x300

 

Na próxima terça-feira, 29 de janeiro, o Ministério da Cultura, por meio de sua Representação Regional Nordeste, promoverá, em Recife, uma oficina para orientar e tirar dúvidas de todos aqueles que quiserem participar dos editais do MinC voltados para criadores e produtores negros.  A oficina acontecerá na sede da Representação, localizada na Rua do Bom Jesus, 237 – Bairro do Recife.

Mesmo tendo como foco principal os editais, o encontro é aberto a todos os interessados em adquirir informações e estimular a troca de ideias e parcerias. A participação é gratuita, mas é necessário inscrever-se previamente pelo email  maria.huang@cultura.gov.br.  Os próximos estados nordestinos a receberem as oficinas são Paraíba (30/01), e Ceará (01/02). No Maranhão e no Piauí as datas ainda estão sendo estabelecidas.

R$ 9 milhões de investimento

Os cinco editais do Ministério da Cultura direcionados aos realizadores negros envolvem prêmios no valor total de R$ 9 milhões, que serão distribuídos entre os segmentos de audiovisual, artes, literatura e pesquisa acadêmica. As inscrições estarão abertas até 25 de março.

Estão envolvidos nesse trabalho a Secretaria do Audiovisual do MinC e as instituições vinculadas ao ministério – Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e Fundação Nacional de Artes (Funarte),  em parceria com a Fundação Cultural Palmares (FCP) e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), da Presidência da República.   Leia sobre os cinco editais abertos.

Encontros em Minas Gerais

Com o mesmo objetivo das oficinas realizadas no Nordeste, a Representação Regional do MinC em Minas Gerais (RRMG) promoverá oficinas em sete municípios mineiros durante os meses de janeiro e fevereiro. A intenção é mobilizar produtores e criadores negros e  agentes culturais locais que atuem com o enfoque nas expressões afrodescendentes para que eles também trabalham como replicadores da informação.

As oficinas começam pelo município de Ponte Nova nesta sexta-feira, 25 de janeiro, e prosseguem nas cidades de Uberlândia (31/01), Juiz de Fora (01/02), Belo Horizonte e região metropolitana (05/02), Governador Valadares (19/02), Três Corações (26/02) e Montes Claros (28/02).

As inscrições para todas as localidades podem ser feitas pelo e-mail divulgacaomg@cultura.gov.br. Os interessados devem informar no momento da inscrição o local que deseja participar.

Confira os endereços das oficinas em Minas Gerais

Leia a matéria da RRMG

Oficinas em São Paulo

A Representação Regional do MinC em São Paulo (RRSP), em parceria com a Fundação Cultural Palmares, também realizará oficinas em todas as regiões da capital paulista. Ao todo serão 10 oficinas, sendo cinco na capital e outras cinco em municípios do interior do estado.

A primeira cidade a receber o encontro será Registro, no Vale do Ribeira (29/01). Depois será a vez da capital , na zona leste (30/01 e 05/02), Cubatão (31/01), Sertãozinho (19/02), zona norte da capital (20/02), Presidente Prudente (21/02), região central da capital (23/02), São José dos Campos (26/02) e região sul da capital (28/02).

Clique aqui e saiba os endereços de realização das oficinas em São Paulo

Acesse os telefones de contato das representações do MinC no país e procure se informar com relação à realização de oficinas voltadas aos editais para produtores negros.

(Texto: Marcos Agostinho, Ascom/MinC)

 

Fonte: MinC
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
 
Deixe um comentário

Publicado por em 24/01/2013 em Uncategorized

 

Tags: