RSS

MARAVILHOSO – TRAGÉDIA INSPIRADA NO CARNAVAL de 06/7 a 02/9 · Rio de Janeiro, RJ

06 jul

06-07-2013 – Fátima de Carvalho

 

1372372555_maravilhoso_abertura

 

MARAVILHOSO é um projeto idealizado pelo ator e produtor Paulo Verlings, que atualmente está no ar com o seriado “COPA HOTEL” da GNT e há seis anos desenvolve seu trabalho com a companhia carioca Teatro Independente, tendo em seu repertório os espetáculos CACHORRO!, REBÚ e CUCARACHA. O projeto nasceu em 2011, quando Verlings viajava com sua companhia pelo Palco Giratório e em conversa com o dramaturgo Jô Bilac. “Me veio o desejo de começar um projeto a partir do FAUSTO de Goethe. Durante essas viagens, assistindo à série Filhos do Carnaval, intuí que o contexto do carnaval poderia ser interessante para atualizar a tragédia de Goethe”, conta Verlings.

Considerado símbolo cultural da modernidade, o FAUSTO de Goethe é um poema de proporções épicas que apresenta um homem das ciências que desiludido com o conhecimento de seu tempo firma um pacto com o demônio em troca de uma energia que o impulsione ao progresso. Em parceria com o dramaturgo Diogo Liberano, MARAVILHOSO foi se delineando como a história de um homem sem perspectivas que encontra na figura de um bicheiro e dono de Escola de Samba a possibilidade de dar outro rumo aos seus anseios e vontades.

A partir dessas referências, Diogo Liberano foi criando uma obra original, que apresenta Henrique (Paulo Verlings), jovem pai de família casado com Wanda (Carolina Pismel), que após o enterro da mãe se vê decidido a colocar fim à própria vida. É neste momento que lhe surge um emprego como assistente do bicheiro Diaz (Márcio Machado), presidente de uma grande Escola de Samba do Rio de Janeiro. A trama vai, pouco a pouco, evidenciando a perplexidade de um homem frente ao caráter autofágico e destruidor do ser humano.

Para trazer à cena esta tragédia contemporânea, a diretora Inez Viana coloca em foco o corpo do ator, como um suporte para uma dramaturgia que apresenta personagens cindidos entre aquilo que são e aquilo que desejam ser. De acordo com a diretora, “vemos em cena personagens divididos entre desejos e deveres, rodeados por uma cenografia que acentua essa instabilidade através do uso de andaimes, escadas e passarelas”. Maravilhoso é a quarta direção teatral de Inez Viana que em agosto dirige, com a Cia Omondê, “Nem Mesmo Todo o Oceano”, baseado no texto de Alcione de Araujo. Também vai dirigir “As Sobreviventes”, texto da Carla Faour.

De acordo com o dramaturgo Diogo Liberano, o título do espetáculo (dado pelo também dramaturgo Jô Bilac) “busca colocar em questão esta imagem de cidade maravilhosa que o Rio de Janeiro ainda hoje possui”. Nas palavras dele, “o Rio está vivendo um momento de corrupção e truculência evidentes, por conta de uma busca desenfreada pelo progresso. Essa imagem de cidade maravilhosa precisa ser posta em cheque, justamente porque ela esconde uma realidade social completamente escravizada e uma democracia frágil e subdesenvolvida”.

O projeto de Verlings agregou artistas de três companhias cariocas que se destacam na cena contemporânea: o TEATRO INDEPENDENTE (Carolina Pismel e Paulo Verlings), a CIA OMONDÉ (Debora Lamm e Inez Viana) e o TEATRO INOMINÁVEL (Diogo Liberano).

onde fica: Teatro Gláucio Gill
quando ir: 06/7/2013 a 02/9/2013, às 19:30h
quanto custa: R$30,00 (inteira)
website: www.neymotta.com.br
contato: 2332-7904 (bilheteria)

Fonte: overmundo
Facebook: Teatro Caetanno’s Agenda Cultural
Twitter: Teatro Caetanno’s
Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 06/07/2013 em Uncategorized

 

Tags:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: